“Necrobiopoder e a Lei do Ventre Livre: quem pode habitar o Estado-nação?”


Como entender a escravidão sem compreender o local que as mulheres negras ocupavam na estrutura social e produtiva? Seus corpos tinham a peculiaridade de gerar o principal “objeto” que fazia o sistema funcionar: filhos/as escravos/as. O debate no parlamento brasileiro sobre a Lei do Ventre Livre, em 1871, não deixa dúvidas dessa centralidade. Esse será um dos pontos que irei discutir na palestra “Necrobiopoder e a Lei do Ventre Livre: quem pode habitar o Estado-nação?”, dia 20/11, às 17h . Inscrições:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *